Cultura da Essência e Liderança Essencial

No que as organizações precisam focar nos seus negócios para que possam passar esse momento de incerteza da melhor forma possível (mesmo com todos os desafios que o contexto apresente)?

Em duas grandes frentes: na Cultura Organizacional e na sua Liderança.

A Cultura Organizacional, que por vezes pode parecer algo subjetivo e intangível, é a frente principal que indicará o jeito de ser, principalmente em momentos de crise. Podemos ter um olhar bem assertivo sobre esse tema, pois a Cultura impactará no resultado da empresa, em como ela poderá se adaptar e inovar mesmo enfrentado adversidades. Para isso será necessário trabalhar a Cultura da Essência.

A Cultura da Essência, apesar de parecer redundante, é como as organizações de fato se conectam com sua natureza mais profunda e isso se relaciona com o propósito de cada negócio. Quando uma empresa vive no cotidiano a Cultura da Essência sua missão, visão e valores são percebidos pelos colaboradores, mesmo em formato remoto, e gera engajamento e responsabilidade para atravessar barreiras e obstáculos para que se tenha o máximo de empenho das pessoas para que as metas e os resultados sejam alcançados.

Mais do que nunca os colaboradores precisam se sentir acolhidos e principalmente ter a direção para saber como desempenhar suas funções em tempo de distanciamento social e no retorno gradual (quando isso for possível). Motivar as pessoas, escutá-las, desenvolvê-las e envolvê-las, mesmo a distância será o trabalho da Liderança Essencial.

E o que pode se entender por Liderança Essencial? Está relacionado com a capacidade de enxergar a liderança como uma MISSÃO que impacta a vida das pessoas (tanto para o “bem” como para o “mal”, e no caso da Liderança Essencial é focada no impacto positivo) sejam elas liderados diretos, indiretos, pares, superiores, parceiros/fornecedores e até mesmo a sociedade de uma forma geral. A Liderança Essencial tem a ver com empatia, comunicação respeitosa e assertiva, potencializar as competências das pessoas para que elas possam desempenhar o seu melhor e, principalmente, trabalhar para manter-se calmo/calma e focado/focada, pois somos um espelho para nossa equipe.

Na Jornada do Herói (ampliando o conceito para todos os gêneros, não apenas no masculino) todo herói (líderes, empresas) enfrenta um momento de crise. E para passar por esse momento é necessário criar uma “Nova Vida” e ter uma Resolução. A “nova vida” tem muito a ver com o papel da Liderança Essencial, tudo que for feito neste momento (tomadas de decisões, atitudes, comportamentos etc) será lembrado depois que retornarmos às nossas vidas no novo ciclo pós pandemia. A Resolução será a imagem da Cultura Essencial da organização, o quanto ele (re)viveu, (re)definiu seu propósito e se transformou ao longo desse processo, porque quando tudo isso passar provavelmente seremos pessoas diferentes que reinventaram a si mesmas e os negócios que também passaram por uma renovação.

 


 

Fabrício César Bastos
Eu ajudo líderes e colaboradores individuais a melhorarem sua performance profissional por meio de treinamentos nas áreas de liderança, gestão e estratégia.

fabricio@flowan.com.br

 

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

AUTOR

Fabrício César Bastos

Fabrício César Bastos

Eu ajudo líderes e colaboradores individuais a melhorarem sua performance profissional por meio de treinamentos nas áreas de liderança, gestão e estratégia
Veja também:
Liderança

5 princípios sobre liderança

Independente da área de atuação, do cargo e do momento de carreira que você vivencie...
Liderança

Conexão Emocional – A chave para liderança

Começarei este post com uma reflexão, frente aos desafios da liderança que tenho escutado de...
WeCreativez WhatsApp Support
Fale com nossa equipe de especialistas.
👋 Olá, como podemos te ajudar?
X