Um dos pontos fortes no trabalho de coaching com o Fabrício foi a sua objetividade.  Os questionamentos e proposições surgidos durante o processo traduzem-se em práticas eficazes.  Isso sem nunca deixar de lado a empatia.